Blog

Siciliana Dragão – GM José Cubas x GM Everaldo Matsuura | Ep. 12 #GMBemBrasileiro

Esse é o décimo segundo episódio da série “Histórias e partidas de um GM bem brasileiro”, confira:

Partida analisada – GM José Cubas x GM Everaldo Matsuura

Já viu a revista Xadrez Bem Brasileiro?

 Acesse o link para receber uma amostra da revista: https://bit.ly/brindexbb001

 Para adquirir a revista no valor promocional de R$ 14,90 acesse: https://bit.ly/revistaxadrez1



Segue o e-mail do GM Everaldo Matsuura para entrar em contato referente a aulas de Xadrez: evematsuura@gmail.com

Aguardamos você no próximo episódio, toda sexta às 18h00!

 

III Torneio de Xadrez Online do Xadrez Clube Sorocaba


Revista Xadrez Bem brasileiro

Adquira agora pelo valor de pré-venda de R$ 14,90 a Edição #001 da Revista Xadrez Bem Brasileiro. Na revista você encontrará conteúdos técnicos, parte psicológica/emocional, crônicas, artigos de arbitragem, tática, entrevistas, vídeos e muito mais!

Os colunistas regulares são: GM Everaldo Matsuura, AI Roberto Telles, André Basso, Douglas Jen, Flávio Novais e Taísa Bordignon.

Além da revista em forma virtual os assinantes terão acesso a vídeos explicativos e complementares aos artigos e também uma base de dados em PGN com as partidas caso queiram visualizar no ChessBase.

Obs. Esse é o valor promocional de pré-venda até 30/06, a revista será liberada em 01/07/2020.

Lista de inscritos

Atleta
1 MI Renato Quintiliano
2 MF Simón Languidey
3 MN Arthur Nader Luz
4 MN Thiago Dobuchak
5 MN Nicholas Ryo Takano
6 MN Vinicius Saito
7 MN Thauane Ferreira de Medeiros
8 WMI Kathiê Goulart Librelato
9 WFM Juliana Terao
10 WFM Julia Alboredo
11 WFM Regina Rodrigues Bonfim
12 WCM Vanessa Gazola
13 CM Jesús Alberto Coca
14 Leandro Formes
15 Paulo Leal
16 Carlos Eduardo Cardi
17 Arnaldo Ulisses Reis
18 Joaldo B. Nery Nogueira
19 Guilherme Carnevalli Antunes
20 Diego Fernando Paranhos
21 Werton Bastos
22 Micaias de Souza
23 André dos Santos Lima
24 Raquel Vieira Rodrigues
25 Marcos Antônio Dias
26 Guilherme Capodifoglio Rebessi
27 Flávio Henrique de Avelar
28 Gerson Antunes
29 Eduardo Patrik Augusto
30 Lucas Copelli
31 Braulio Sanches de Oliveira Zorzella
32 Jefferson Pedro de Sousa
33 Antony Godoy
34 Cirineu Renato Donini Junior
35 Francisco Evandro Saraiva
36 Carlos Figueiredo
37 Marcelo Jesus Sanches Guitarrari
38 Jessé Garcia Galiano
 

Par de Bispos: Treino Gratidão ao vivo

Caro enxadrista, tudo bem?

Vamos continuar nosso treinamento estratégico, dessa vez falar sobre par de bispos em nosso treino gratidão! Acompanhe ao vivo dia 09/07/2020 às 20h30

Algumas lições que podemos notar sobre par de bispos:

  • É um grande recurso estratégico, é melhor aproveitado quando tem peões em ambos os flancos e o centro aberto;
  • Pode ser necessário fazer manobras para melhorar o par de bispos;
  • Sempre avaliar possíveis aberturas de diagonais, principalmente na grande diagonal que não tem bispo opositor;
  • Somente ceda o par de bispos se for uma necessidade ou em troca de outra vantagem (material, torre na sétima, iniciativa, etc);
  • Em posições fechadas ou semiabertas, o par de bispos perde forças.

Algumas ideias parecem lógicas, porém analisando partidas, podemos perceber como os planos de jogos foram construídos a partir da melhora do par de bispos ou cedendo um dos bispos por vantagens.



Dessa forma encerro esse tema,espero que essas dicas sejam valiosas para você utilizar seu bispo melhor no tabuleiro.

Até a próxima!

Cavalo x Bispo – GM Darcy Lima x GM Everaldo Matsuura | Ep. 11 #GMBemBrasileiro

Esse é o décimo primeiro episódio da série “Histórias e partidas de um GM bem brasileiro”, confira:

Partida analisada – GM Darcy Lima x GM Everaldo Matsuura

Já viu a revista Xadrez Bem Brasileiro?

 Acesse o link para receber uma amostra da revista: https://bit.ly/brindexbb001

 Para adquirir a revista no valor promocional de R$ 14,90 acesse: https://bit.ly/revistaxadrez1



Segue o e-mail do GM Everaldo Matsuura para entrar em contato referente a aulas de Xadrez: evematsuura@gmail.com

Aguardamos você no próximo episódio, toda sexta às 18h00!

 

Finais de Peões – GM Zenon Franco Ocampos x GM Everaldo Matsuura | Ep. 10 #GMBemBrasileiro

Esse é o décimo episódio da série “Histórias e partidas de um GM bem brasileiro”, confira:

Partida analisada – GM Zenon Franco Ocampos x GM Everaldo Matsuura

Já viu a revista Xadrez Bem Brasileiro?

 Acesse o link para receber uma amostra da revista: https://bit.ly/brindexbb001

 Para adquirir a revista no valor promocional de R$ 14,90 acesse: https://bit.ly/revistaxadrez1



Segue o e-mail do GM Everaldo Matsuura para entrar em contato referente a aulas de Xadrez: evematsuura@gmail.com

Aguardamos você no próximo episódio, toda sexta às 18h00!

 

II Torneio de Xadrez Online do Xadrez Clube Sorocaba


Revista Xadrez Bem brasileiro

Adquira agora pelo valor de pré-venda de R$ 14,90 a Edição #001 da Revista Xadrez Bem Brasileiro. Na revista você encontrará conteúdos técnicos, parte psicológica/emocional, crônicas, artigos de arbitragem, tática, entrevistas, vídeos e muito mais!

Os colunistas regulares são: GM Everaldo Matsuura, AI Roberto Telles, André Basso, Douglas Jen, Flávio Novais e Taísa Bordignon.

Além da revista em forma virtual os assinantes terão acesso a vídeos explicativos e complementares aos artigos e também uma base de dados em PGN com as partidas caso queiram visualizar no ChessBase.

Obs. Esse é o valor promocional de pré-venda até 30/06, a revista será liberada em 01/07/2020.

Lista de inscritos

Atleta
1 GM Felipe El Debs
2 GM Krikor Mekhitarian
3 MI Renato Quintiliano
4 MI Leandro Perdomo
5 MI Martin Labollita
6 MN Arthur Nader Luz
7 MN Leonardo Miranda Rodrigues
8 MN Vinicius Saito
9 MN Daniel Teidi Awoki
10 WFM Regina Rodrigues Bonfim
11 CM Jesús Alberto Coca
12 Paulo Leal
13 Leandro Formes
14 Carlos Eduardo Cardi
15 Antony Godoy
16 Guilherme Carnevalli Antunes
17 Gerson Antunes
18 Rafael Emiliano Ferreira
19 Jessé Garcia Galiano
20 Braulio Sanches de Oliveira Zorzella
21 Joaldo B. Nery Nogueira
22 Ricardo Luis Tonela
23 Arnaldo Ulisses Reis
24 Marcos Correia Santos
25 Jefferson Pedro de Sousa
26 Werton Bastos
27 Arildo Paes de Camargo
28 Paulo Sergio da Silva Franco
29 Alan Caue
30 Ivan Borin
31 Rogerio Pires
32 Marcos Antônio Dias
33 Kleiton Benetão
34 Kauan Salvagni Teles da Silva
35 Raquel Vieira Rodrigues
36 Cirineu Renato Donini Junior
37 Ademir Castilho
38 Guilherme Capodifoglio Rebessi
39 Micaias de Souza
40 Flávio Henrique de Avelar
41 Bruno Cesar Ferreira Godinho
42 Samuel Sousa Ferreira
43 Cláudio Sato
44 André dos Santos Lima
45 Francisco Evandro Saraiva
46 Edmilson Ferreira de Carvalho
47 Lucas Copelli
48 Pedro Pacífico
49 Aparecido da Conceição
50 Letícia Miho Sato
51 Roberto Carmo Antunes
52 Eduardo Patrik Augusto

A Criatividade no Xadrez – GM Giovanni Vescovi x GM Everaldo Matsuura | Ep. 09 #GMBemBrasileiro

Esse é o nono episódio da série “Histórias e partidas de um GM bem brasileiro”, confira:

Partida analisada – GM Giovanni Vescovi x GM Everaldo Matsuura

Segue o e-mail do GM Everaldo Matsuura para entrar em contato referente a aulas de Xadrez: evematsuura@gmail.com


Aguardamos você no próximo episódio, toda sexta às 18h00!

 

Aprendendo a melhorar a Torre com GM Maurice Ashley

Caro enxadrista, tudo bem?

Vamos continuando nossos estudos de Xadrez sobre jogo estratégico, porém antes, quero trazer o Momento Gratidão uma nobre atitude de dois jogadores Top 10: Magnus Carlsen e Anish Giri! 

Recentemente, com as questões de racismo vindo a tona nos EUA, foi recordado um vídeo do #MoveForEquality, feito por ambos GMs no qual simulam uma partida com as pretas iniciando, por essa atitude em prol da igualdade, o Momento Gratidão vai para ambos. Veja o vídeo:

Com as questões desse tema cada vez mais em evidência, quero não somente trazer partidas do primeiro GM afrodescendente, mas sim partidas que podemos aprender com o GM Maurice Aleshey, que é um verdadeiro gênio em nosso querido jogo das 64 casas!

Algumas lições que podemos notar sobre melhoramento de Torres:

  • Dominar colunas abertas e semiabertas, principalmente quando há apenas uma coluna disponível na partida;
  • Busque formar baterias (unir torres com Damas para dominar colunas, com o “Canhão de Alekhine”);
  • Ocupe casas de entrada, ou seja, quando duas torres disputam uma coluna, um bom recurso é alocar sua torre em uma casa intermediária (uma casa a frente que você consiga recapturar sua torre), quando possível.
  • Busque trocas ou desvio de peças que atrapalham o domínio de colunas;
  • Busque sempre dominar a 7ª ou 8ª fileira (1ª e 2ª caso esteja jogando de pretas), são locais que levem muito perigo!

Algumas ideias parecem lógicas, porém analisando partidas, podemos perceber como os planos de jogos foram construídos a partir da melhora da Torre, com isso, quero trazer partidas do GM Maurice Ashley para você analisar comigo:

Nessa partida, podemos como Ashley abriu a coluna A com objetivo de infiltrar na defesa adversária com a Torre na sétima, com belo arremate!

Lance bem interessante em 22… Cd3+, pressionando as brancas para uma troca, e ao mesmo tempo preparando suas torres para uma forte bateria.

Outra bela atuação de Ashley, dessa vez manobrando sua Dama com a Torre com objetivode dominas casas fracas e obter uma posição favorável para atacar pela coluna semiaberta H.

Dessa forma encerro esse tema,espero que essas dicas sejam valiosas para você utilizar sua torre melhor no tabuleiro.

Até a próxima!

Explorando Casas Fracas – GM Everaldo Matsuura x GM Rafael Leitão | Ep. 08 #GMBemBrasileiro

Esse é o oitavo episódio da série “Histórias e partidas de um GM bem brasileiro”, confira:

Partida analisada – GM Everaldo Matsuura x GM Rafael Leitão:

Partida citada – GM Ulf Andersson x MI Eduardo Limp

Partida citada – GM Bent Larsen x GM Zoltan Ribli

Segue o e-mail do GM Everaldo Matsuura para entrar em contato referente a aulas de Xadrez: evematsuura@gmail.com


Aguardamos você no próximo episódio, toda sexta às 18h00!

 

Ideias gerais da Defesa Francesa (variante Tarrasch) #opengratidao

Caro enxadrista, tudo bem?

Vamos continuar nossas series de Aberturas do Open Gratidão, dessa vez com a Defesa Francesa na variante Tarrasch.

Nosso torneio temático será no dia 14/06/2020 às 14h no Lichess.

A Defesa Francesa é uma das mais tradicionais aberturas por parte das negras, e outra variante muito comum é a Tarrasch, caracterizada pelo lance 3. Cd2.

Nessa variante tem muitos jogadores de modelo, como: Karpov e Tiviakov. Enquanto que de negras, podemos citar: Korchnoi, Uhlmann e Moskalenko. Sobre jogadores que atuam no Brasil, podemos citar o MF Simón Languidey.

Nessa semana, tenho como convidado o  Flavio Novais, enxadrista da cidade de Mogi Mirim/SP, também atua com treinamento de Xadrez. Além disso, também possui canal no Youtube “Xadrez com Novais”, clique aqui para conferir.

Para facilitar o entendimento, o artigo está dividido em duas partes, primeiro entendendo os planos típicos de brancas, e depois, os planos de negras.

Como introdução, deixamos ideias gerais da abertura para ambos os lados:

Parte 1 - Como jogar A Variante Tarrasch na Francesa?

Para introduzir as ideias de brancas, deixo uma partida jogada pelo quero GM Bem Brasileiro Everaldo Matsuura:

Enfrentando o Dc7

Geralmente nas linhas que ocorre o Dc7 é interessante é importante fazer a manobra do Bispo por g5-h4-g3 para trocar o Bispo de casas negras.

Como combater o f6?

Quando o jogador de negras faz o lance f6 rápido, permite que o jogador de brancas consiga fazer o lance Bf4, que faz rápido a troca com o Bispo bom das negras..

O sútil Tb1 contra Db6

Uma ideia interessante para enfrentar o lance Db6 sem debilitar o ponto b2 é jogar com Tb1, que permite o lance Bf4 com maior segurança.

Encerrando as ideias de brancas, veremos como as pretas podem jogar a variante do avanço.

Parte 2 - Como jogar de negras?

Entendendo os planos das brancas, fica mais fácil saber como jogar de negras. É válido ressaltar que as negras devem buscar a todo custo a iniciativa!

Jogando com Dxb2

Caso as brancas não joguem com o profilático Tb1, é possível fazer a captura do peão de b2, como segue a partida a seguir: 

Rompendo em e5

Quando as brancas não conhecem os planos de jogo e não buscam o lance Bf4 ou Bg3, permite que as negras façam o lance e5 e ficam com boa atividade.

Como buscar a iniciativa?

Outra ação possível quando as brancas acertam as ideias da abertura, inclusive com o profilático Tb1 é a ideia de jogar com Txf3 em algumas situações, como segue a partida abaixo:

Encerramos esse artigo, esperamos você no torneio aplicando diversas os planos de jogo apresentados aqui.

Até a próxima!