3 Técnicas para melhorar sua Dama no Xadrez: Treino Gratidão ao vivo

Caro enxadrista, tudo bem?

Vamos continuar nosso treinamento estratégico, dessa vez falar sobre melhora de Dama em nosso treino gratidão! Acompanhe ao vivo dia 16/07/2020 às 20h30

1. A dama de Rubinstein 2. O canhão de Alekhine 3. A bateria Dama-Bispo

Dessa forma encerro esse tema,espero que essas dicas sejam valiosas para você utilizar sua Dama melhor no tabuleiro.

Até a próxima!

Par de Bispos: Treino Gratidão ao vivo

Caro enxadrista, tudo bem?

Vamos continuar nosso treinamento estratégico, dessa vez falar sobre par de bispos em nosso treino gratidão! Acompanhe ao vivo dia 09/07/2020 às 20h30

Algumas lições que podemos notar sobre par de bispos:

  • É um grande recurso estratégico, é melhor aproveitado quando tem peões em ambos os flancos e o centro aberto;
  • Pode ser necessário fazer manobras para melhorar o par de bispos;
  • Sempre avaliar possíveis aberturas de diagonais, principalmente na grande diagonal que não tem bispo opositor;
  • Somente ceda o par de bispos se for uma necessidade ou em troca de outra vantagem (material, torre na sétima, iniciativa, etc);
  • Em posições fechadas ou semiabertas, o par de bispos perde forças.

Algumas ideias parecem lógicas, porém analisando partidas, podemos perceber como os planos de jogos foram construídos a partir da melhora do par de bispos ou cedendo um dos bispos por vantagens.



Dessa forma encerro esse tema,espero que essas dicas sejam valiosas para você utilizar seu bispo melhor no tabuleiro.

Até a próxima!

Aprendendo a melhorar a Torre com GM Maurice Ashley

Caro enxadrista, tudo bem?

Vamos continuando nossos estudos de Xadrez sobre jogo estratégico, porém antes, quero trazer o Momento Gratidão uma nobre atitude de dois jogadores Top 10: Magnus Carlsen e Anish Giri! 

Recentemente, com as questões de racismo vindo a tona nos EUA, foi recordado um vídeo do #MoveForEquality, feito por ambos GMs no qual simulam uma partida com as pretas iniciando, por essa atitude em prol da igualdade, o Momento Gratidão vai para ambos. Veja o vídeo:

Com as questões desse tema cada vez mais em evidência, quero não somente trazer partidas do primeiro GM afrodescendente, mas sim partidas que podemos aprender com o GM Maurice Aleshey, que é um verdadeiro gênio em nosso querido jogo das 64 casas!

Algumas lições que podemos notar sobre melhoramento de Torres:

  • Dominar colunas abertas e semiabertas, principalmente quando há apenas uma coluna disponível na partida;
  • Busque formar baterias (unir torres com Damas para dominar colunas, com o “Canhão de Alekhine”);
  • Ocupe casas de entrada, ou seja, quando duas torres disputam uma coluna, um bom recurso é alocar sua torre em uma casa intermediária (uma casa a frente que você consiga recapturar sua torre), quando possível.
  • Busque trocas ou desvio de peças que atrapalham o domínio de colunas;
  • Busque sempre dominar a 7ª ou 8ª fileira (1ª e 2ª caso esteja jogando de pretas), são locais que levem muito perigo!

Algumas ideias parecem lógicas, porém analisando partidas, podemos perceber como os planos de jogos foram construídos a partir da melhora da Torre, com isso, quero trazer partidas do GM Maurice Ashley para você analisar comigo:

Nessa partida, podemos como Ashley abriu a coluna A com objetivo de infiltrar na defesa adversária com a Torre na sétima, com belo arremate!

Lance bem interessante em 22… Cd3+, pressionando as brancas para uma troca, e ao mesmo tempo preparando suas torres para uma forte bateria.

Outra bela atuação de Ashley, dessa vez manobrando sua Dama com a Torre com objetivode dominas casas fracas e obter uma posição favorável para atacar pela coluna semiaberta H.

Dessa forma encerro esse tema,espero que essas dicas sejam valiosas para você utilizar sua torre melhor no tabuleiro.

Até a próxima!

Aprendendo a melhorar peças: O Bispo

Caro enxadrista, tudo bem?

Essa semana aprofundei meus estudos de Xadrez em como melhorar o Bispo em partidas, dessa forma, compartilho com você o que aprendi durante essa semana de estudos.

Algumas lições que listei nessa semana:

  • Dominar a grande diagonal sempre quando não houver peões;
  • Realize manobras para conquistar melhores diagonais;
  • Abrir linhas para explorar melhor as diagonais;
  • Em posições abertas, com peões em ambas as alas, o bispo é superior ao cavalo.

Algumas ideias parecem lógicas, porém analisando partidas, pude perceber como os planos de jogos foram construídos a partir da melhora do Bispo, com isso, quero trazer partidas para você analisar comigo:

Nessa partida, podemos ver no lance 27. um belo e sútil b3, que dá toda liberdade ao Bispo de casas pretas pegar a grande diagonal e fortalecer o forte ataque as brancas.

Nesta partida, podemos aprender com Kramnik com belos lances como 18. c5, forçando a abertura da grande diagonal (a1-h8) e levando a um forte e poderoso ataque.

Uma bela partida de Garry Kasparov, demostrando muita luta contra o Kamsky pela diagonal a1-h8, e fazendo valer essa disputa com um poderoso ataque que levou a vitória.

 

Dessa forma encerro esse tema,espero que essas dicas sejam valiosas para você posicionar melhor seu bispo no tabuleiro.

Até a próxima!

Aprendendo a utilizar melhor o cavalo com o Caruana

Fala galera do Xadrez, tudo bem?

Recentemente você deve ter visto que ocorreu o Tata Steel, um dos principais torneios do ano para os melhores do mundo do Xadrez.

O vencedor da edição de 2020 foi o GM Fabiano Caruana, atual vice-campeão Mundial. Ele venceu com uma pontuação bem expressiva, obtendo 10 pontos em 13 possíveis, segue a classificação.

  ScoreRatingTPRSB 1234567891011121314
1Caruana, Fabiano10.0 / 132822294561 ½½½1½111½1½11
2Carlsen, Magnus8.0 / 132872281849.25½ ½½½½½½1½½1½1
3So, Wesley7.5 / 132765279648.25½½ ½½½1½1½½½½½
4Van Foreest, Jorden7.0 / 132644277744.25½½½ 1½½½½0011½
5Dubov, Daniil7.0 / 132683277440.750½½0 ½½½½½1½11
6Giri, Anish6.5 / 132768273941½½½½½ ½½0½½½½1
7Anand, Viswanathan6.5 / 132758273939.750½0½½½ ½11½½½½
8Duda, Jan-Krzysztof6.5 / 132758273939.50½½½½½½ ½½½½1½
9Firouzja, Alireza6.5 / 132723274237.5000½½10½ 11½½1
10Xiong, Jeffery6.0 / 132712271440.5½½½1½½0½0 1½½0
11Artemiev, Vladislav6.0 / 132731271235.750½½10½½½00 1½1
12Vitiugov, Nikita5.0 / 132747265332.5½0½0½½½½½½0 ½½
13Yu, Yangyi4.5 / 1327262632280½½00½½0½½½½ ½
14Kovalev, Vladislav4.0 / 132660260624.500½½00½½010½½ 

Tendo esse torneio como plano de fundo para o artigo de hoje, quero trazer para você o tema estratégico de como utilizar seu cavalo da melhor forma durante a partida!

 

O item importante é que o cavalo precisa de pontos de apoios para serem decisivos. O que vem a ser um ponto de apoio?

Ponto de apoio é uma casa em que o cavalo fica livre de ameaças de peões (casa fraca) e ao mesmo tempo tem uma peça sustentando ele na posição, conforme o exemplo abaixo no lance 29, no qual Petrosian manobra seu cavalo para chegar na casa f5, um forte ponto de apoio.

Outro fator importante é entender como o cavalo atua em cada fileira do tabuleiro:

  • Primeira e segunda fila: Uma peça defensiva, não é o local ideal de deixar seu cavalo, apenas para uma manobra;
  • Terceira fila: Torna-se uma peça em transição da defesa para o ataque;
  • Quarta fila: É uma peça dinâmica no meio jogo, podendo articular ataques;
  • Quinta fila: Pode começar incomodar a defesa adversária, principalmente se tiver um ponto de apoio;
  • Sexta fila: Local ideal! Esse é a fila que o cavalo fica mais forte e mais “chato” para seu adversário, desde que tenha um ponto de apoio;
  • Sétima e oitava fila: Estrategicamente não é o local recomendado, deve acessar essas filas apenas para manobras ou golpes táticos.

Além desses itens, é importante ressaltar que em posições fechadas o cavalo é uma excelente peça pela facilidade de efetuar manobras, e pode ser um ótimo bloqueador de peões passados.

Sabendo disso, vamos analisar duas partidas do Caruana jogadas no Tata Steel:

Relacionando com o tema do artigo, nessa partida contra o Kovalev, podemos observar o lance 14, no qual o Ch5 busca o ponto de apoio f4, após a troca de peças e enfraquecimento da ala do Rei, Caruana utiliza o cavalo para fazer manobras. E no final, o cavalo chega até f4, que garantiu vantagem enorme para as pretas.

Nesta partida, diante do Duda, podemos observar no lance 26 a busca pelo ponto de apoio d6. E mesmo após a queda do peão de e5, o Cavalo continua muito forte em d6, garantindo a vitória do Caruana.

Dessa forma encerro esse tema,espero que essas dicas sejam valiosas para você posicionar melhor seu cavalo no tabuleiro.

Até a próxima!