Ideias gerais da Abertura Italiana #opengratidao

Caro enxadrista, tudo bem?

Vamos continuar nossas series de Aberturas do Open Gratidão, dessa vez com a abertura italiana.

Nosso torneio de Abertura Italiana será no dia 17/05/2020 às 14h no Lichess.

A Abertura Italiana é uma das mais tradicionais aberturas, utilizada tanto por iniciantes quanto por jogadores mais experientes, nesse artigo iremos trabalhar com o lance 3… Bc5.  

Essa abertura tem muitos jogadores de modelo, como: Karjakin, Nepomniachtchi, Onischuk,  Carlsen e Kramnik. Enquanto que de negras, podemos citar: Lasker, Ding Liren, Vidit.

Nessa semana, tenho como convidado Douglas Jen, ele é um enxadrista paulista idealizador do portal O Estrategista e se destacou com o trabalho realizado com o xadrez universitário. Como treinador foi campeão do CAMESP 2019 sob o comando da Medicina Albert Einstein e campeão do JUMED 2016 sob o comando da faculdade São Camilo.

Para facilitar o entendimento, o artigo está dividido em duas partes, primeiro entendendo os planos típicos de brancas, e depois, os planos de negras.

Como introdução, deixamos aqui uma partida do Grego, jogada em 1620:

Parte 1 - Como jogar A italiana?

Como jogar? Com d3 ou d4?

A primeira dica que deixamos nesse artigo é jogar de forma mais moderna, com o lance d3, que caracteriza  como a Giuoco Pianíssimo, uma forma moderna de jogar a Italiana, pois a tradicional Giuoco Piano as pretas podem igualar com facilidade.

Qual a disposição ideal de peças jogando com Bb3 (sem a4)?

Geralmente nas linhas de Giuoco Pianíssimo com Bb3 (sem a4) as Brancas tentam posicionar as peças para um eventual ataque na Ala do Rei.

Alguns planos típicos são Te1, Cf1-Cg3-Cf5. O Bb3 eventualmente vai para c2 e então as Brancas tentam jogar d4 para abrir a diagonal b1-h7 para o Bispo, que é um dos planos quando se joga a abertura Ruy Lopez.

O Cf3 pode seguir a rota para h4 ou g5 dependendo da situação para liberar a passagem da Dama para a Ala do Rei.

Quando fazer o h3? Qual motivo desse lance?

As Brancas podem também jogar de maneira mais posicional com Te1, Cf1 e Be3 tentando trocar o forte Ba7, mas para isso é necessário jogar h3.

O curioso é que o lance h3 para as Brancas geralmente não visa evitar a cravada de Bg4 e sim Cg4, que incomoda bastante o Peão-f2.

Nessa partida, Onischuk demostra como dispor melhor as peças e faz o profilático h3 para impedir o temido Cg4. Agora veremos uma partida de Garry Kasparov, mostrando que o lance Bg4 não é um problema na posição das brancas.

Qual o motivo do lance a6 das negras?

Importante entender o lance a6. Neste diagrama as Brancas tem a opção de jogar b4-a4 e expandir na ala da Dama e o lance a6 das Pretas visa evitar perder um tempo, pois se 7. b4 Ba7 direto, por isso muitos jogadores preferem jogar com a6 rápido.

Como funciona o plano do a4?

Geralmente quando as Brancas jogam a Giuoco Pianíssimo com a4, a ideia é expandir na Ala da Dama.

O Cb1 tem duas rotas possíveis: Cd2-Cf1-Cg3(ou Ce3) como nas linhas sem a4; ou Ca3-Cc2-Ce3 que ajuda a controlar d5 ao mesmo tempo que fica de olho no possível Cf5. Esta rota via a3-c2-e3 tem a desvantagem de atrapalhar o apoio do Peão-e4, pois geralmente as Brancas sustentam o centro com Te1 (defendendo e4) e assim tentam jogar com d4.

Com essa partida do Carlsen, vemos que as brancas tem bons planos com o lance a4 na ala da Dama, contando com manobras do Cavalo de b1.

Encerrando as ideias de brancas, veremos como as pretas podem jogar contra a Abertura Italiana.

Parte 2 - Como Enfrentar a Italiana?

Entendendo os planos das brancas, fica mais fácil saber como jogar de negras, porém preciso saber como jogar contra o conhecido Gambito Evans e também a Giuoco Piano tradicional.

Como enfrentar o Gambito Evans?

Um forte ataque pode vir contra as negras caso enfrente o Gambito Evans, a recomendação aqui é fazer o lance 8… d5, de forma que iguala a posição com contra-jogo no centro, assim como fez Peter Svidler nessa partida.

Como enfrentar a Giuoco Piano?

Outra opção que o jogador de negras pode enfrentar é a Giuoco Piano tradicional, igual era jogado antigamente e até os dias atuais com o lance d4 por parte das brancas. A recomendação aqui é seguir com as trocas e buscar o lance d5 rápido, assim como ocorre no Gambito Evans, garantido contra-jogo rápido no centro.

Como enfrentar a Giuoco Pianíssimo?

Agora vamos trazer uma ideia nova, não muito usada, porém bem criativa, que é jogar com o lance a5! Essa opção trás um jogo bem dinâmico para as negras, com ideias de trazer a Dama por b8-a7 e avançar peões pela ala da Dama, assim como fez Nakamura na partida abaixo.

Encerramos esse artigo do Xadrez com gratidão em parceria com O Estrategista, espero você no torneio aplicando diversas ideias da Abertura Italiana.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>